Vasconha é talvez a aldeia do concelho de Vouzela com mais tradições.

A pouco e pouco tentaremos aqui expô-las.

O CANTAR DAS JANEIRAS
 

A tradição de cantar as Janeiras é também muito antiga.

Cantam-se de casa em casa na época natalícia para celebrar o nascimento de Jesus até ao dia dos Reis Magos.

Ao passarem os cantores, as portas das casas abrem-se para receberem os visitantes, os donos da casa são enaltecidos pelo cântico como Jesus o foi no dia de seu nascimento pelos reis magos. Após esta cerimónia são convidados a entrar e são lhes feitas algumas oferendas (tradicionalmente chouriça, presunto, salpicão, etc. …).

   Se a oferta tiver sido à altura das esperanças dos cantadores serão manifestados mais alguns versos em louvor dos caseiros, em caso contrário os versos serão pouco amigáveis.

Refrão:  

Boas festas boas festas
Nos aqui viemos dar
A casa deste senhor (bis)
Se as quiser aceitar (bis)

Oh que casinha tão alta
Forrada de papelão
Levante-se minha senhora  (bis)
Dê-nos cá o salpicão (bis)

Esta casa e muito alta
Dobradinha de papel
Viva lá quem nela vive (bis)
Morra quem mal lhe quiser (bis)

Venha cá senhor.... (o nome)
Raminho de salsa crua
Por baixo da sua cama (bis)
Põe-se o sol e nasce a lua (bis)

Que e aquilo que e aquilo
Que estropeia no sobrado
E a menina.... (bis)
Com seu sapato dourado (bis)

Senhora que lá esta dentro
Cumpra a sua obrigação
Meta a mão na salgadeira (bis)
Puxe cá o salpicão  (bis)

Levante-se dai senhora
Desse banquinho de prata
Venha dar-nos as janeiras (bis)
Que esta um frio que mata (bis)

AGRADECIMENTOS:

Obrigado obrigada
Obrigado meus senhores
Os senhores desta casa (bis)
São um canteiro de flores (bis)
 


FORRETAS:


Vamo-nos daqui embora
Não nos vamos demorar
Estes barbas de farelo (bis)
Nada têm para nos dar (bis)

 

Copyright © 2003 por MATOS FIGUEIREDO
Todos os direitos reservados

http://vasconha.free.fr/